É verdade que cachorros e gatos se odeiam?

É verdade que cachorros e gatos se odeiam?

Desde pequenos somos ensinados que cachorros e gatos são inimigos mortais. Basta um cão ver um gatinho que logo sai correndo atrás dele. E quando vemos na internet uma foto ou vídeo de um cão dormindo juntinho de um gato logo nos surpreendemos porque isto seria algo inconcebível. Mas será que é mesmo verdade que cachorros e gatos se odeiam?

Cachorro-gato-02

Esta história de que os cachorros odeiam os gatos não é totalmente verdadeira, porque na verdade os cães atacam quase todo animal de menor porte, como pássaros, ratos, entre outros.

A briga entre cães e gatos acontece com maior frequência porque estes são dois animais que convivem conosco por mais tempo e assim eles estão sempre se encontrando.

Espécies diferentes quase sempre vão se estranhar, principalmente quando elas estão lutando por um determinado espaço ou precisam conquistar a atenção de uma pessoa querida.

Cachorro-gato

Os gatos não aceitam que outro animal entre no seu espaço, só que eles não têm tamanho suficiente para enfrentar o cão, por isto a alternativa é correr, mas não é raro encontrarmos situações onde o cachorro se dá mal ao enfrentar um felino.

Há gatos que resolvem lutar pelo seu território e chegam a enfrentar os cães, conseguindo colocar muitos deles para correrem.

O cachorro tem uma personalidade muito diferente do gato e vice-versa, entretanto existe a questão que é a forma como eles são criados. Se você tiver um cachorro em casa e também um gato, poderá educá-los a conviverem juntos e eles vão se dar muito bem. Só que quanto mais cedo eles aprenderem a respeitarem um ao outro, mais fácil será lidar com esta questão.

Se você pegar um filhotinho de gato e criá-lo juntamente com um filhotinho de cachorro, tratando-os de forma igual e ensinando-os a dividirem o mesmo espaço eles não vão brigar, pelo contrário, serão bem carinhos um com o outro.

Se você já tem um gato dentro de casa e resolveu ter também um cão, ou vice-versa, saiba que a primeira aproximação deles precisa ser feita com bastante cautela e a amizade deles não surgirá nos primeiros dias. São espécies bem diferentes e o instinto de ambos avisa a cada um que tem um inimigo querendo tomar seu espaço. Convencê-los de que isto não é verdade será uma tarefa difícil, mas não impossível.

Cachorro-gato-01

Você deve começar este processo associando as coisas boas do dia a dia à presença do outro, por exemplo, mantenha os dois mais próximos, pelo menos dentro do campo de visão, na hora de alimentá-los.

Quanto mais eles forem se acostumando com a presença do outro, mais você deve investir nesta associação. Faça carinho nos dois ao mesmo tempo, se possível, brinque com um e imediatamente com o outro, deixe eles entenderem com o tempo que você é dos dois e que quem determina as regras é você.

O tempo para esta amizade surgir varia de animal para animal e em alguns casos é preciso contar com a ajuda de um profissional.

Jamais queira forçar, se notar que o cão e o gato não querem ser amigos, nesta hora é preciso buscar conselhos de um profissional para lhe ajudar a lidar com a situação.

Converse com seu veterinário, pois ele poderá lhe dar boas orientações e algumas dicas importantes.

Cachorro-gato-03

 

LEIA TAMBÉM:

Como dar remédio para cães e gatos ? Ler anterior

Como dar remédio para cães e gatos ?

Cachorro pequinês preço, valor de venda, valor médio Ler próxima

Cachorro pequinês preço, valor de venda, valor médio

Adicionar um comentário

Assine nossa Newsletter

Assine e receba novidades, dicas e não perca nenhuma de nossas notícias, você pode cancelar a qualquer momento!