Cachorro com Carrapato: O que Fazer?

Os carrapatos sempre tiram o sossego do cachorro e também do dono do animal. O cão, seja de que raça for, acaba ficando vulnerável a outras doenças que poderão chegar após o surgimento dos carrapatos, por isto é bom levar a sério o problema e não achar que isto é comum entre os caninos.

Cachorro-com-Carrapato02

É importante sabermos que o fato de morar em apartamento não faz com que o cão fique livre do carrapato, primeiro porque estes pequeninos podem chegar até lá no alto de diversas maneiras e segundo o cão precisa sair do apartamento, fazer uma caminhada, circular pelas praças e nestas ocasiões pode acabar recebendo esta visita tão indesejada.

Geralmente os carrapatos surgem nos períodos mais quentes do ano e procuram pelos cachorros para se alimentarem do sangue do animal. E como se proliferam com uma velocidade muito grande é preciso combater o problema assim que ele surja. Uma fêmea poderá por em um só dia uma média de 2 mil ovos, ou seja, se não buscar uma solução rápida a situação poderá sair do controle.

Os sinais de um cão com carrapato são comuns, pois além da coceira insistente ele pode apresentar febre, parar de se alimentar e ficar com as gengivas pálidas. É importante levar o animal até um veterinário para que sejam feitos os exames necessários para verificar se ele está com alguma doença que se for tratada logo no início não trará maiores problemas.

Cachorro-com-Carrapato01

Se você tiver paciência e se seu cachorro ficar quietinho, basta pegar uma pinça e começar a remover os carrapatos. Utilize sempre a pinça sem corte e também uma luva descartável. Você precisará prender o carrapato o mais próximo possível da pele do animal, mas sem machucar seu cão, assim evitará que a cabeça do carrapato seja separada do resto do corpo.

Evite ficar torcendo a pinça, apenas faça um pouco de pressão e puxe. Seja paciente para que tire o carrapato por inteiro. O certo mesmo é procurar evitar que o carrapato chegue até o seu cachorro e para isto basta contar com a ajuda de alguns produtos encontrados facilmente no mercado, como por exemplo a “coleira carrapaticida” que deverá ser usada pelo animal e assim manterá os carrapatos distantes do seu pet.

“Banhos carrapaticidas” também podem funcionar muito bem, basta lavar o cachorro com produtos específicos da linha de tratamento para combater carrapatos e que são encontrados facilmente nos pet shop. Entretanto, na hora do banho você precisa ficar muito atento para que o cão não venha a lamber o produto e mesmo depois do banho enquanto ele ainda estiver molhando, certifique-se de que ele não irá passar a língua pelo corpo.

Mas lembre-se que não adiantará muito cuidar do cachorro e se esquecer do ambiente à sua volta. É importante fazer um tratamento anti carrapato nos muros, jardins, vegetação, piso, frestas e tudo mais que estiver por perto. A higienização adequada do local onde o cachorro passa o dia e também onde ele dorme é de fundamental importância. Cuidado ao contratar um profissional para fazer o serviço e obtenha todas as informações sobre o produto a ser utilizado e qual o tempo que deverá ser aguardado até que o cão possa utilizar novamente o local que recebeu o tratamento.

Cachorro-com-Carrapato

Cachorro com Carrapato: O que Fazer?
Avalie esta postagem
Encontros Pet