Blog Encontros Pet, onde você encontra tudo para seu animal de estimação.

Cachorro Bichon Havanês

Cachorro Bichon Havanês

O Bichon Havanês, ou Havanese é uma das variedades de cachorros da família canina Bichon, os quais provavelmente originaram-se na área mediterrânea em tempos pré-cristãos.

Bichon Havanês

Origem

Todos os Bichons são descendentes da mesma linha de sangue que produziu o Barbet; o Poodle; o Cão de água Português e outros. A família canina Bichon consiste em várias raças distintas, inclusive o Havanese.

Em ordem de popularidade da família Bichon nos EUA, estão estas raças: Maltês, Bichon Frisé, Havanese, Löwchen, (Pequeno Cão Leão), Coton de Tuléar e Bolonhês.  Durante os dias do império espanhol, os capitães de mar transportaram Bichons para Cuba, os quais usaram como presentes para as mulheres da sociedade e com isto puderam manter lucrativas transações comerciais. Daí nasceu à lenda de uma raça original de Havana, capital de Cuba. Uma vez em Cuba, o Bichon Havanês (Habaneros em espanhol) passou a viver exclusivamente nas mansões da mais alta classe social. Os Havaneses não eram comercialmente vendidos, mas às vezes eram oferecidos como um precioso presente para um amigo, ou alguém que tinha executado um valioso serviço.

O Havanese, através de “contrabando”, achou seu caminho para Europa onde ficou muito popular e foi reconhecido pelo “European Kennel Club”. Era conhecido na Inglaterra como o “cubano” branco. Como aconteceu a muitas outras raças, a popularidade do Bichon Havanês minguou em cima do curso de tempo. Durante algum tempo eles foram usados em apresentações em circos como cachorros de truque ao longo da Europa, mas logo ficou quase extinto, inclusive em sua terra natal, Cuba.

São conhecidas três famílias, onde acredita-se que podem ter deixado Cuba com o Bichon Havanês durante o tumulto político dos anos cinquenta. É reconhecido que naquele tempo não poderia ter havido muitos destes cachorros mantidos por qualquer um. Estas três famílias exiladas trabalharam sozinhas na Flórida e na Costa Rica durante uma década para preservar a raça.

Na década de 70, Dorothy e Bert Goodale, residentes no Colorado, começaram a procurar uma raça pequena, mas que tivesse o temperamento tranquilo, a inteligência que eles apreciavam nas raças maiores. Depois de alguns anos de investigação, referências enganosas tiveram sua atenção voltada para o Bichon Havanês, mas ninguém sabia onde a família os poderia obter.

No meio dos anos setenta, eles encontraram um anúncio que resultou na compra de seis Bichons Havaneses com pedigree: uma mãe, quatro filhas e um macho jovem sem parentesco de sangue. Completamente encantados com a natureza inteligente e afetuosa da raça, eles empreenderam buscas procurando localizar mais dos exilados Bichons Havaneses.

A Sra. Goodale colocou anúncios em latim em Miami oferecendo-se para comprar Bichon Havanês. Depois de vários meses ela recebeu uma resposta. Um homem da Flórida escreveu para dizer que um amigo seu tinha cinco Bichons Havaneses e desejava vendê-los. O Sr. Eziekiel Barba tinha fugido de Cuba e tinha ido morar na Costa Rica. Devido a problemas com sua saúde ele decidiu ir para o Texas para viver com a filha e lá não poderia cuidar da ninhada de Bichon Havanês.

Os Goodales compraram então os cinco cachorros de Eziekiel Barba. Este segundo grupo de Bichon Havanês tinha o mesmo olhar, temperamento gentis como os integrantes do primeiro grupo. A família Goodale começou então a desenvolver um programa de procriação para prevenir a extinção desta raça baseando-se no Padrão FCI da Raça, o qual datava do ano de 1963, mas, era o único padrão disponível.

Atualmente, já existem aproximadamente 4.000 Bichons Havaneses registrados nos Estados Unidos e estima-se existirem em torno de 6.000 em todo o mundo. O Bichon Havanês está retornando à sua terra natal através de um projeto coordenado pelo “The Bichon Habanero Clube”, que está trabalhando numa ação com aproximadamente 15 cachorros e supervisionando o programa de procriação de perto. Na América do Sul e no Brasil, o primeiro Bichon Havanês chegou no dia 17 de agosto de 1997 ás 19h30, vindo da cidade de Doetinchem na Holanda e importada pelo Star Company Kennel, localizado na cidade Florianópolis, capital do Estado de Santa Catarina. Este primeiro exemplar a ser registrado no Brasil é uma fêmea de cor creme e chamada “A Maiden Effort’s Oh-Delaylah”.

 Bichon Havanês01

Características

De porte pequeno, é um exemplar compacto, o comprimento do corpo é ligeiramente superior à altura. A cabeça é de tamanho médio e o crânio é largo com um stop moderadamente marcado. O nariz é preto ou castanho. As bochechas não são proeminentes. Os olhos são bastante grandes em forma de amêndoa, de cor castanha, ou a mais escura possível. As orelhas estão inseridas relativamente altas, pendendo pelas bochechas com uma extremidade ligeiramente arredondada e com um vinco pequeno que faz com que o cachorro a erga quando está alerta. A cauda é trazida erguida em forma de gancho ou preferencialmente enrolada por cima das costas.

Coberto por uma pelagem lisa, longa, ondulada, suave, sedosa, podendo formar rastas. A camada interior de pelo é lanosa e não muito desenvolvida. É frequente nem sequer existir. A camada exterior é muito comprida, 12 cm a 18 cm num cachorro adulto. Não é permitido nenhum tipo de grooming, trimming, ou utilização de tesouras para acertar o comprimento ao pelo. A única exceção é limpar a zona das patas, na testa, para impedir que o pelo caísse sobre os olhos, no focinho, mas é preferível deixá-lo ao natural.

É raramente branco puro. São permitidas várias tonalidades de fulvo, preto, castanho havana, tabaco e castanho avermelhado. São permitidas manchas nas cores mencionadas. Também marcas em bronze são permitidas. Apresentam de 23 cm a 27 cm, medidos sempre a altura da cernelha. De acordo com o standard internacional da raça, há uma tolerância de 2 cm para mais, ou para menos.

Peso: Macho e Fêmea de 5 kg a 7 kg
Altura Macho e Fêmea de 23 cm a 27 cm
Grupo: 9 – cães de companhia
Funções: Cachorro de companhia
Grau de Atividade: Média
Pelo: Lisa, longa, ondulada, suave, sedosa
Cor: É raramente branco puro. São permitidas várias tonalidades de fulvo, preto, castanho havana, tabaco, e castanho avermelhado. São permitidas manchas nas cores mencionadas. Também marcas em bronze são permitidas
Nome de Origem: Bichon Havanês
Pais de Origem:

Cuba

Registro FCI: 250

Bichon Havanês02

Temperamento

O Havanês é um cachorro inteligente, afetuoso, de natureza feliz, amigável, encantador, brincalhão, com tendência para ser o bobo da festa e fácil de treinar. Por vezes aos cachorros pequenos é-lhes permitido tudo enquanto jovens, mas o treino deve ser feito desde cedo porque os maus hábitos ganhos permanecem durante a idade adulta.

São sociáveis e geralmente apegam-se muito ao dono. Por causa disso sofrem muito com ausências deste. Não é a raça indicada para quem quer um cachorro que fica muitas horas sozinho por dia. De todos os bichons são os que melhor interagem com crianças. Com estranhos, contudo, são desconfiados. Dão excelentes cachorros de alarme, mas não são indicados para quem prefere animais menos vocais. Exemplares de apartamento por excelência e não devem ser mantidos no exterior.

Curiosidades

Hoje em dia o Havanês é uma raça bem estabelecida, bastante popular como cachorro de companhia. Nas últimas décadas tem sido a raça que mais tem crescido nos Estados Unidos da América. Está no top 30 das raças mais populares no país.

Bichon-Havan+¬s03

Dicas

Eles gostam de apreciar a atmosfera familiar e adoram ser acariciados e bajulados. Os cachorros desta raça não devem ser deixados sozinhos por longos períodos de tempo.

Exigem bastantes cuidados na manutenção do pelo. Precisam ser escovados duas ou três vezes por semana e é aconselhável não cortar o pelo. Por ter o pelo branco, deve-se também ter cuidado com a mancha que a lágrima deixa junto ao canto interior do olho.

Bichon Havanês04

Saúde

O Havanês é um cachorro bastante resistente em termos de saúde. Os problemas mais comuns a que convém prestar atenção é a luxação da patela, doenças hepáticas, problemas cardíacos, cataratas, displasia retinal. Expectativa de vida varia entre 13 anos a 15 anos.

Preço

O preço médio do filhote de Cachorro Bichon Havanês pode variar de R$ 3.000 a R$ 5.000.

Bichon-Havan+¬s05

Leia Também:

Cachorro Fazendo Fezes Moles: O que Fazer? Ler anterior

Cachorro Fazendo Fezes Moles: O que Fazer?

Barriga do Cachorro fazendo Barulho, o que fazer? Ler próxima

Barriga do Cachorro fazendo Barulho, o que fazer?

Adicionar um comentário

Assine nossa Newsletter

Assine e receba novidades, dicas e não perca nenhuma de nossas notícias, você pode cancelar a qualquer momento!