Blog Encontros Pet, onde você encontra tudo para seu animal de estimação.

Cachorro com Intoxicação Alimentar: O que fazer?

Cachorro com Intoxicação Alimentar: O que fazer?

Desconfio que meu cachorro está com intoxicação alimentar, o que devo fazer?
Se você tem um cachorro é bom ficar de olho nele porque estes nossos amigos colocam tudo que encontram na boca e é numa hora desta que eles acabam experimentando algo que não deveria.

intoxicacao

É muito comum as histórias de cachorros que engoliram algum objeto tóxico e dependendo do material irá causar reações bem desagradáveis e há aquelas que podem até matar o animal.

Se você tem cachorro em casa saiba que o melhor a fazer para impedir a intoxicação alimentar é preparar a casa ou apartamento para receber estes animais que nos encantam, mas que são muitos curiosos, por isto nada deverá ser deixado em um local que eles alcançam, justamente para evitar que eles mexam.

Mas nem todo mundo toma estes cuidados e a intoxicação alimentar do cachorro acaba acontecendo e aí é preciso saber o que fazer para ajudar seu cão. Os sintomas variam muito, pois vai depender da substância ingerida pelo animal. Pode ser que ele apresente uma letargia, fraqueza, ou um leve mal-estar. Também pode ser que o cachorro tenha problemas gastrointestinais e apresente vômito, náusea e também diarreia.

intoxicacao-01

Há casos mais graves em que o cão fica com tremores ou extremamente agitado. Se você notar que seu cão ingeriu algum produto tóxico, procure identificar o produto e separe-o, pois ele deverá ser levado ao veterinário, juntamente com o cão, para que este profissional possa analisar as substâncias que foram ingeridas e isto facilitará o tratamento.

Se você não localizar o material tóxico ingerido, mas o cachorro começar a vomitar, então seria bom recolher uma amostra e levar ao veterinário para análise. Utilize luvas e máscara para o manuseio do vômito.

Os produtos tóxicos mais comuns de serem ingeridos pelos cachorros são justamente os materiais de limpeza, porque geralmente estes itens ficam guardados em locais baixos,de fácil acesso e o cachorro que é muito curioso vai lá dar uma conferida e poderá ingerir um pouco.

intoxicacao-02

Entre estes produtos estão os tira manchas, limpa forno, detergente, desinfetante, amaciante, lustra móveis, cera para piso, soda cáustica, querosene, entre outros. Quando seu cachorro tiver uma intoxicação alimentar procure manter a calma e entre em contato com o veterinário o mais rápido possível e já avise-o que está a caminho para que seu cão possa ser atendido assim que chegar à clínica. Quanto mais rápido seu pet for atendido, maiores serão as chances dele ficar bem. Se o animal estiver com convulsões é importante mantê-lo em um local seguro, longe dos móveis ou qualquer outro objeto que possa cair sobre ele.

Nunca tente neutralizar a intoxicação alimentar com algum “remédio caseiro”, pois poderá complicar ainda mais a situação. O que pode ser feito é tentar lavar a boca do cachorro utilizando apenas água, mas nunca aponte o jato de água para fundo da boca do animal, pois isto é extremamente prejudicial e pode acabar comprometendo os pulmões.

Faça sua parte mantendo produtos tóxicos sempre em locais altos e trancados, além de treinar seu animal a nunca mexer em algo que ele encontre, além de mantê-lo longe dos locais onde estão os produtos de limpeza, assim já estará fazendo algo importante para que o problema não aconteça.

intoxicacao-03

Leia Também:

 

Ler anterior

Cachorro Papillon: Preço Filhote, Características

Ler próxima

Cachorro Alano Espanhol (Buldogue Espanhol)

Deixe um comentário

dezenove + oito =

Nenhum comentário encontrado.

Posts Relacionados

Assine nossa Newsletter

Assine e receba novidades, dicas e não perca nenhuma de nossas notícias, você pode cancelar a qualquer momento!