Calazar: Sintomas em Cães, Tratamento

Saiba aqui quais os sintomas da Calazar e o tratamento recomendado. A Leishmaniose Visceral Canina, ou Calazar em cães, é uma doença grave, parasitária e que é transmitida somente pela picada de um mosquito que já esteja infectado.

Muitos pensam que a doença pode ser transmitida de um cão para o outro, pelo simples fato deles conviverem juntos, mas isto não é verdade, pois se faz necessário a presença do mosquito que é uma fêmea, da espécie Lutzomia Longipalpis, mais conhecido no Brasil como o “mosquito-palha“.

Cachorro-com-calazar-03

A Calazar quando afeta os cães traz muito risco para o animal porque a doença tem um curso bem lento. Em nós humanos, o mosquito-palha sempre tem preferência por aquelas pessoa que possuem uma imunidade mais baixa, por exemplo, os idosos, crianças e enfermos. Já no caso dos cães isto não acontece, pois mesmo os cachorros jovens e sadios podem ser infectados. Apesar dos avanços no tratamento oferecido aos cachorros com a doença, ainda não é possível dizer que há um método 100% eficaz, mas claro que o animal contará com uma melhor qualidade de vida a partir do momento que for atendido. E o dono tem importância fundamental neste processo, pois será necessário ter muita atenção para com seu cachorro e principalmente, ficar atento ao ambiente onde o cão irá ficar.

Quando um cachorro é infectado pelo mosquito-palha, os sintomas não surgem imediatamente, pois o período de incubação varia de 4 meses a 6 anos. Quando os sintomas começam a surgir, o cachorro ir começar a emagrecer rapidamente, vai apresentar sangramento nasal ou oral, apatia e sério problemas nos olhos.

Outros sintomas da Calazar em cães é o crescimento das unhas de forma exagerada e febre constante. É possível notar o crescimento do abdômen devido ao aumento de alguns órgãos, por exemplo, fígado, baço, etc. E o cão passa a apresentar problemas renais.

Mas o maior problema de todos é que mais da metade dos cachorros que apresentam Calazar não apresentam nenhum sintoma, pelo menos por um longo período e quando o dono chega a perceber a doença já está em estágio bastante avançado. Existem várias formas de prevenir o Calazar, porém nenhum dos métodos é 100% garantido e os mais utilizados são as vacinas, coleiras especiais e também os repelentes que ajudam a manter o mosquito-palha sempre longe do cachorro. Mas há outras formas de proteger o seu amigo peludo, por exemplo, mantendo o ambiente sempre limpo, pois o mosquito se reproduz principalmente em locais onde há matéria orgânica em decomposição, ou seja, lixos destampados, lotes com entulhos, tudo isto facilita a proliferação do inseto. Se você evitar o acúmulo de lixo em sua casa e na sua rua já estará dando um grande passo para proteger o seu cachorro e vários outros animais. Infelizmente, nem todo mundo faz sua parte, por isto é preciso ficar atento a outras formas de prevenção, como o uso de tela para evitar a entrada do mosquito dentro das residências.

Cachorro-com-calazar-01

Quem mora em casa deverá procurar um veterinário para se informar sobre qual repelente utilizar, aplicando o produto nos locais estratégicos, como a casinha do seu pet e os locais onde ele costuma ficar. Nunca aplique estes repelentes sem a orientação de um profissional, pois há um grande risco de que o animal venha a se envenenar. E fique atento também no período de vacinação, se o agente está trocando a agulha para cada nova aplicação e por garantia você pode levar a própria seringa para que seu cão seja vacinado com ela, assim estará mais seguro e seu cão não correrá o risco de vir a ser contaminado justamente no momento em que busca maior proteção.

Você deve fazer de tudo para prevenir a doença, porque o tratamento da Calazar é polêmico! Os órgãos de saúde indicam a eutanásia do cachorro como solução para o problema. Hoje já temos tratamentos que apresentam grande avanço neste sentido, porém eles não vão curar o animal, mas conseguem oferecer mais tempo de vida ao seu pet e com uma melhor qualidade, podendo amenizar os sintomas que são resultantes desta doença. Não se iluda quando ao tratamento para o Calazar para cachorros, porque é caro e prolongado, sendo tratado os sintomas e melhorando a qualidade de vida do seu animal de estimação, mas o cachorro continuará doente para sempre. Então invista sempre na prevenção, seja com coleiras, repelentes, telas e principalmente, mantendo limpa a sua residência, o quintal, a rua e todo o bairro.

E em caso de dúvida jamais faça a medicação do animal por conta própria e muito menos a prevenção com produtos que podem trazer danos ao cachorro. Converse com um veterinário para que ele possa lhe auxiliar a proteger o seu cãozinho desta terrível doença.

Cachorro-com-calazar-00

Leia Também:

Calazar: Sintomas em Cães, Tratamento
5 (100%) 1 vote
Encontros Pet