Doença do Carrapato em Gatos: Sintomas, Tem Cura?

Doença do Carrapato em Gatos: Sintomas, Tem Cura?

Não são apenas os gatos que sofrem com a doença do carrapato, ela pode atingir também os humanos, veja aqui quais os sintomas e tratamento para seu amiguinho.

Ter um cãozinho em casa ou um gatinho é muito bom porque estes animais trazem sempre muita alegria ao lar, são ótimas companhias e hoje estão presente nas casas da grande maioria dos brasileiros. Só que estes animaizinhos precisam de cuidados para que possam gozar de plena saúde e são os donos que precisam ficar atentos e tomar todos os cuidados.

E um dos problemas que afetam cães e gatos são os carrapatos, transmissores de doenças como por exemplo a Erliquiose, que pode também afetar os humanos.

A Erliquiose é causada por uma A Erliquiose, conhecida também como Erliquiose Felina é uma patologia transmitida pela bactéria da espécie Ehrlichiasp que parasita as células brancas do sistema de defesa dos animais domésticos, inclusive as células dos felinos.

“Doença do Carrapato” é muito séria e é causada pelo “Rickettsíaceae”, um parasita que passa para o cão ou para o gato, através do carrapato. Uma vez que este parasita entra no organismo do animal, ataca o seus glóbulos brancos e um dos primeiros sintomas é a anemia. A “Doença do Carrapato” é mais difícil de acontecer em gatos, mas não deixa de acontecer, por isto é preciso ficar atento também aos felinos.

O carrapato será infectado quando ele picar um animal que já esteja com a doença. Este carrapato, quando picar um outro cão ou gato, fará a transmissão da doença para este animal.

Sintomas da Erlichiose

Todo dono de cão ou gato precisa ficar sempre atento ao comportamento do animal, principalmente quando ele começa a apresentar características estranhas, pois os sintomas de uma doença, quando detectados logo no início e o animal é encaminhado para um médico veterinário, as chances de cura serão muito maiores.

No caso da Erlichiose, os principais sintomas são a anorexia, a febre, o animal apresenta fraqueza muscular, insuficiência renal e hepática e a secreção nasal fica purulenta.

No caso dos felinos, pode acontecer de não aparecerem todos esses sintomas, de qualquer forma, percebendo um ou mais destes sintomas em seu animal, leve-o imediatamente para um profissional verificar quais poderão ser os motivos de tais sintomas.

Doença do Carrapato em Cães e Gatos

Tratamento da Erlichiose

Quando percebe os sintomas em seu animal de estimação, é muito comum que o dono queira fazer algo imediatamente para ver o seu amigo bom logo, mas somente um profissional poderá detectar o problema e providenciais o tratamento mais indicado. Dependendo do que você fizer para ajudar o animalzinho, pode até ser que você complique a situação.

Uma vez com o veterinário, os carrapatos serão todos retirados e o cão ou gato fará uso de antibióticos para início do tratamento. Em seguida, será feito um levantamento da saúde do animal, para saber se ele está com anemia ou algum outro problema, para que possa ser devidamente tratado.

Prevenção da Erlichiose

Apesar da Erlichiose ser uma doença relativamente simples de ser tratada, o melhor a fazer é ficar atento à prevenção, assim você evitará que seu animalzinho sofra e tenha que passar por todo tratamento para se ver livre da Erlichiose.

Manter o animal sempre limpo é o primeiro passo, mas é importante também cuidar da limpeza da casa e principalmente do local onde o cão ou o gato ficam e também dormem.

Procure observar sempre em seu animal se há presença de algum carrapato. Não precisa esperar que apareça algum sintoma para tomar esta providência. Crie o hábito de verificar constantemente se há carrapatos no seu animalzinho.

Se o cão ou o gato já teve carrapatos, mesmo que não tenha desenvolvido a doença, é importante desinfetar o local para eliminar qualquer possibilidade de volta dos carrapatos.

Doença do Carrapato em Cães e Gatos

Muitas pessoas desconhecem a Erlichiose e por isto acham que é uma doença rara, mas ela é bem mais comum do que possamos imaginar. Realmente é uma doença bem mais comum entre os cães, mas chega a atingir também os gatos e não é típica de uma região do país, podendo surgir em qualquer lugar do Brasil. O que pode acontecer é da doença ter nomes diferentes, de um local para o outro.

Não podemos confundir a Erlichiose que atinge os glóbulos brancos com a Babesiose que atinge os glóbulos vermelhos. A Erlichiose pode ser transmitida para o animal através de transfusão de sangue ou até mesmo por agulhas infectadas, mas isto raramente acontece. O grande transmissor desta doença é sem dúvida alguma o carrapato e por isto o dono do cão ou do gato deverá fazer de tudo para manter seu animal sempre limpo, assim como o local onde ele dorme e passa todo o dia.

Deixar o animal solto na rua, tendo contato com outros animais é um risco ainda maior! A prevenção continua sendo a melhor alternativa, por isto tenha seu animalzinho sempre dentro de casa e quando levá-lo para passear fique bem atento para que ele não tenha contato com animais que você não conheça, principalmente se for algum animal de rua.

Leia Também:

Cachorro Fazendo Fezes Moles: O que Fazer? Ler anterior

Cachorro Fazendo Fezes Moles: O que Fazer?

Barriga do Cachorro fazendo Barulho, o que fazer? Ler próxima

Barriga do Cachorro fazendo Barulho, o que fazer?

Adicionar um comentário

Assine nossa Newsletter

Assine e receba novidades, dicas e não perca nenhuma de nossas notícias, você pode cancelar a qualquer momento!