Blog Encontros Pet, onde você encontra tudo para seu animal de estimação.

Cachorro Vizsla (Braco Húngaro de Pelo Curto)

Cachorro Vizsla (Braco Húngaro de Pelo Curto)

Existem várias teorias diferentes sobre o surgimento desta raça, e a mais aceita mundialmente, considera que o principal ancestral do Vizsla é o Sabuesto da Panônia.

Braco-Hungaro-de-Pelo-Curto

Origem

Existem várias teorias diferentes sobre o surgimento desta raça, e a mais aceita mundialmente, considera que o principal ancestral do Vizsla é o Sabuesto da Panônia. Acredita-se que houve um cruzamento entre um cachorro caçador de pelagem amarela que apareceu em 1526 na Hungria, e o Sloughi, que é um lebrel árabe. No final do século XIX misturaram essa raça com o Pointer, que deu origem a todas as raças de cachorros Bracos da Europa – incluindo o Vizsla.

Segundo historiadores, os magiares, povo nômade composto basicamente de caçadores e cavaleiros, instalaram-se na região da Hungria em 836, e possuíam cachorros sabujos, e galgos, que seriam os ancestrais mais prováveis do atual Braco Húngaro, ou Viszla como é conhecido.

Ainda nos anos 30, surgiu, através da infusão do sangue do Braco Alemão de Pelo Duro, o Viszla de Pelo Duro, desenvolvido para atuar em condições mais difíceis em terrenos mais árduos, e mais adaptados para busca de caça na água.

Apesar de ser uma raça bastante antiga, sendo considerada parte integrante da história do povo húngaro, o Vizsla só começou a ganhar popularidade no ocidente, e Estados Unidos nos anos 60, ganhando rapidamente uma excelente reputação como cachorro de mostra. No Brasil, a raça está presente, apesar de contar com um número reduzido de criadores, e entusiastas.

Braco-Hungaro-de-Pelo-Curto-03

Características

O Vizsla é um cachorro de aspecto robusto, embora leve, de estatura média, porte elegante, e movimentação elástica. A cabeça é magra, e o chanfro é ligeiramente definido. O focinho é longo, quadrado, não afilado. Os olhos são castanho escuro, nem fundos nem proeminentes. As orelhas em forma de “V” estão inseridas a médio comprimento, e é trazida pendente rente à face. O pescoço é de comprimento médio, e o dorso é reto, curto, e muito musculado.

O peito é profundo e largo, e as costelas são ligeiramente arqueadas. A garupa é larga, e os membros são robustos, com uma boa ossatura. A cauda média a grossa é de inserção baixa, e costuma ser cortada a 2/3 do tamanho original, mas vários países já proibiram essa prática.

A pelagem é curta, densa, e dura ao toque. Todos os tons entre o amarelo trigo, dourado-avermelhado, e o areia-escuro são admitidos.

De porte grande, a altura dos machos fica em média entre 58 cm e 64 cm. Já as fêmeas devem apresentar entre 54 cm e 60 cm, sempre medidos na altura da cernelha. Assim como o pointer, ele é bastante veloz e tem um olfato inconfundível, o que torna-o excelente para tarefas como seguir rastros, caçar, e encontrar presas.

Peso:Aproximadamente Macho de 20 kg a 30 kg e Fêmea de 18 kg a 25 kg
AlturaAproximadamente Macho de 58 cm a 64 cm e Fêmea de 54 cm a 60 cm
Grupo:7 – Cachorro de Aponte
Funções:Cachorro de caça, e companhia
Grau de Atividade:Alto
Pelo:Curta, densa e dura ao toque
Cor:Todos os tons entre o amarelo trigo, dourado-avermelhado e o areia-escuro são admitidos
Nome de Origem:Vizsla (Braco Húngaro de Pelo Curto)
Pais de Origem:

Hungria

Registro FCI:

Braco-Hungaro-de-Pelo-Curto-02

Temperamento

Seu temperamento, como a grande maioria dos cachorros apontadores, é marcado pela docilidade, e facilidade de aprendizado. Muito obediente, e apegado ao dono, vai obter um melhor desempenho no adestramento se este for conduzido pelo próprio proprietário.

Possui um comportamento estável, e brincalhão, sendo um cachorro ativo, e de necessidade de espaço para exercitar-se com regularidade. Na caça desempenha um aponte seguro, e é também um excelente recuperador, característica que faz-o um cachorro completo.

Em função da origem ligada à caça, é muito rápido, tem um ótimo faro, e destaca-se por recuperar as presas sem problemas. Porém, essa raça é muito calma e leal quando é domesticada.

Como cachorro de companhia é afetuoso, e não gosta de estar sozinho, adoram receber a atenção da sua família. Normalmente, recebem bem as visitas de estranhos, mas convém sempre que, durante o seu crescimento seja educado, e socializado de forma a desenvolver todas as suas potencialidades.

Curiosidades

Apesar do tamanho – é o menor dos Bracos – um cachorro bastante rápido na batida do terreno, e a busca são feitos utilizando-se o faro extremamente que herdou de seus ancestrais.

Dicas

São animais inteligentes, fáceis de treinar, que precisam de alguma atividade para estar bem. Alguns entendidos referem que estes animais precisam participar de alguns desafios, algo que estimule a sua capacidade mental, já que, caso contrário, poderão ficar aborrecidos, e ter comportamentos violentos.

Por ser um cachorro bastante apegado ao dono, também não é adequado para aqueles proprietários que precisam ausentar-se por longos períodos de tempo. Não é um exemplar preparado para viver ao ar livre, devido à ausência de dupla camada. O que leva-os a ser mais sensíveis ao calor intenso e frio.

Sua pelagem curta, densa, e grossa, protegendo-o das intempéries do tempo. São muito limpos, não precisa ser banhado por muitas vezes, normalmente eles não liberaram característica de odor detectáveis por seres humanos. Depois que suas incursões para os rios e lagos, desenvolveram um perfume que é um odor muito fraco da versão de “cachorro molhado”. Um banho rápido, e o odor irão desaparecer. O pelo deve ser escovado, e esfregado de dois em dois dias, e convém que seja aparado entre os dedos dos pés.

Sua constituição física e de grande resistência, faz com que possam acompanhar seus donos em caminhadas, e corridas assim como atuar com desenvoltura em provas de agility. Precisa de bastante exercício físico (1 a 2 horas por dia).

 

Braco-Hungaro-de-Pelo-Curto-01

Saúde

Não costuma desenvolver muitos problemas de saúde, principalmente por ser um cachorro rústico. Além de cuidados básicos com alimentação, exercícios regulares e vacinação em dia, é preciso atenção a qualquer sinal diferente, pois a raça pode apresentar atrofia, ou displasia da retina, e algumas linhagens é suscetível a displasia coxo-femural. Expectativa de vida varia entre 12 anos a 15 anos.

Preço

O preço médio do filhote do Cachorro Vizsla (Braco Húngaro de Pelo Curto) pode variar de R$ 2.000 a R$ 4.000.

Braco-Hungaro-de-Pelo-Curto-04

Leia Também:

Ler anterior

Cachorro Setter Inglês

Ler próxima

Cachorro Terrier Tibetano

Deixe um comentário

três + 7 =

Nenhum comentário encontrado.

Posts Relacionados

Assine nossa Newsletter

Assine e receba novidades, dicas e não perca nenhuma de nossas notícias, você pode cancelar a qualquer momento!