Blog Encontros Pet, onde você encontra tudo para seu animal de estimação.

Cahorro Terrier Norwich

Cahorro Terrier Norwich

 

Em 1965, uma raça de cachorro conhecida como Terrier Norwich foi separada do seu semelhante o Norfolk Terrier para definir alguns padrões. Diferente do seu semelhante, o Terrier Norwich tem algumas diferenças, como por exemplo as orelhas são eretas, em quanto as do Norfolk Terrier são caídas.

Terrier-Norwich

Origem

Os fazendeiros da Grã-Bretanha sofriam, principalmente, com os roedores nas suas plantações. Eles destruíam boa parte da vegetação e tais profissionais não sabiam o que fazer em relação a isso. Foi então que Mr. Frank Roughrider Jones tentou criar um cachorro de busca e rastreio perfeito. Ele cruzou diversas raças, como Terrier Dourado, Irish Terrier, Stafford Terrier, Bedlington Terrier, entre outros. Dentre tantas tentativas, ele conseguiu fazer com que nascesse o cachorro que ele procurava. Além de rastreador, suas incríveis capacidades de trabalhar embaixo de sol, chuva e frio tornaram um animal de preço inestimável.

Com o passar do tempo, ele foi sendo incorporado em casas, pois é pequeno e tem fácil adestrabilidade. Além disso, ele tem por instinto um senso de proteção da casa e do dono, além de caçar pragas e roedores.

Terrier-Norwich01

Características

De fato, o que mais chama a atenção é a força e rigidez por trás deste corpo tão pequenininho (um dos menores da sua raça). São bem pequeninos, com patas curtinhas e peludinhas e dorso bem encurtado. Apesar disso, eles não são tão frágeis. São fortes em questão óssea e muscular, apresentando um corpo compacto e bem resistente às adversidades do dia a dia.

O seu corpo é bem fofo. Começando pela cabeça, esta região é larga e um pouco redonda. Seu focinho é bem preto e protuberante em relação ao resto do rosto. Os olhos ficam quase que escondidos pelo grande volume de pelos da região. Os lábios ficam delicadamente sob o bigode e os pelos faciais. Já seus dentes são muito perigosos, pois eles são bem fortes,  apresentam um maxilar potente, além de terem uma boca bem grande quando aberta. O pescoço é bem ereto e sempre voltado para cima, transmitindo um ar de superioridade.

Alguns apresentam caudas e outros não. Esta região é opcional, mas é importante que a cirurgia seja feita com um cirurgião-veterinário, pois pode perder o equilíbrio do corpo.

Os pelos são longos, duros, eretos e podem apresentar algumas manchas brancas.

Peso:Macho e Fêmea de 5 kg
AlturaMacho e Fêmea de 25 cm
Grupo:Grupo 3 – cães terriers
Funções:Cachorro de caça e rastreio
Grau de Atividade:Alto
Pelo:Longos, duros e eretos
Cor:Bicolor (preto e castanho)
Nome de Origem:Terrier Norwich
Pais de Origem:

Reino Unido

Registro FCI:72

Terrier-Norwich02

Temperamento

Instintivamente, ele gosta de estar a par de tudo que acontece sempre observado as pessoas e o ambiente com muita cautela. O temperamento deles é muito bom para fins profissionais e de estimação. Leva sempre suas ordens com muita seriedade. Apesar de serem muito pequenos, eles são fortes e muito corajosos, não amedrontando-se quando há perigo iminente. O lado bom disso é saber que você terá proteção se cuidar muito bem dele e ser um dono sempre presente.

Curiosidades

A sua pelagem é um benefício para ele e para o dono. Por ser naturalmente duro e ereto, ele não retém a sujeira e poeira do dia a dia, facilitando a limpeza e a lavagem. Para as pessoas que tem alergia ao ácaro, este cachorro é uma boa opção por repelir o pó. Curiosamente, ele é o único da raça Terrier que apresenta uma pelagem deste estilo.

Outro benefício ao dono é da limpeza. Ele é ativo e inquieto, mas entende muito bem que casa não é lugar de brincar, ou bagunçar. Assim, é mais necessário, ainda que usualmente, saia com ele e passe uma tarde em um lugar aberto, de forma que coloque toda ansiedade para fora de suas patas.

Terrier-Norwich03

Dicas

Para mantê-lo sempre alegre e ativo, mantenha-o perto de você. Uma boa dica é colocá-lo para te ajudar com seu trabalho. Mesmo que o que ele faça não ajude em nada, seu instinto é de trabalho, pois foi criado para ficar nas vegetações dos fazendeiros, então ele gosta de saber que está ajudando o seu dono.

Quando a casa estiver vazia, vai querer mostrar serviço protegendo a residência. Estes exemplares têm bastante dificuldade em aceitar a aproximação de pessoas desconhecidas, portanto há o lado bom, da proteção e o lado ruim, de enturmar-se com amigos e família.

Tome cuidado com um fator: mimar. Seu estilo imponente de correr e caminhar são naturais, mas se você alimentar ainda mais o seu ego, a arrogância tornar-se- á um empecilho no dia a dia. Faça carinho, pois ele gosta de estar em contato com o dono, mas não exagere como deixá-lo no seu colo por muitas horas, dia após dia. Quando você não puder, ele ficará extremamente triste.

Criados para serem trabalhadores e rastreadores, são totalmente receptivos para treinamentos e tentativas de adestramento. Quando mais cedo iniciar o plano, mais rápido ele absorverá suas ordens. Sua inteligência é alta, logo ele entenderá todos os ensinamentos que você dar em relação a casa e ao trabalho. Ensine-o sobre quais animais rastrear, bem como a ficar de tocaia na casa quando viajar. Ao menos, se aparecer algum ladrão, o mesmo terá certa dificuldade para passar do portão.

É naturalmente musculado com ossos fortes, mas precisa de exercício para manter seu sistema cardiovascular forte, bem como continuar com um corpo rígido. Para tal, pratique bastante exercício com ele. Livrá-lo do sedentarismo afastará, também, quadros de depressão, além de obesidade, diabetes e hipertensão, doenças bem comuns que atacam a humanidade.

Lave-o e escove-o sem urgência, entre 1 vez a cada 1 ou 2 semanas. É o suficiente para mantê-lo limpo. Outros exemplares da mesma raça precisariam ser escovados diariamente, ou a cada dois dias. Para fazer a tosa, leve-o ao veterinário. Realizar os cortes em casa com tesoura pode mudar a tonalidade, e a consistência dos pelos, ocasionando a perda da sua característica natural ao longo do tempo. Os profissionais capacitados apresentam uma faca apropriada para evitar tais alterações. Caso você sonhe em levá-lo para competir, é importante que esta dica seja devidamente seguida.

Terrier-Norwich04

Saúde

Para um cachorro que é capaz de suportar altas temperaturas no verão e baixas temperaturas no inferno, muita umidade ou períodos de seca, adoentar-se com vírus e bactérias é muito difícil. O cruzamento realizado foi bem meticuloso a este ponto para que não causasse prejuízo aos fazendeiros. São saudáveis neste quesito, mas muitos carregam genes recessivos, como da alergia. Também podem desenvolver epilepsia.

Nós, humanos, estamos acostumados com alergias de leve, principalmente para aqueles que têm rinites e sinusites. Entretanto, no caso dos cachorros, estes problemas podem ser bem perigosos. Os animais não sabem falar, então você terá que descobrir por meio de tentativa e erros, qual o alimento, objeto, ou odor que está causando coceiras e espirros. Quando o problema é muito forte ou sério, o pronto-socorro de animais fará exames para descobrir a fonte.

No caso, a alergia passa de pai para filho, portanto não é possível sumir com ela. O que é possível fazer é controlar, ou seja, evitar que ele tenha crises, deixando os desencadeadores bem longe do seu animal de estimação. Se o seu cachorro bater a cabeça, fique muito alerta com as horas e dias posteriores. Este simples atrito pode desencadear atividades desconhecidas pelo cérebro, ocasionando convulsão. O cachorro, então, ficará sem consciência por alguns minutos e tremerá no chão. Caso isso ocorra mais de uma vez, tornando-se um acontecimento corriqueiro, é momento de levá-lo ao veterinário. Provavelmente, ele desenvolveu um quadro de epilepsia, que nada mais é que convulsões em sequência em um curto espaço de tempo. Este problema pode ser desencadeado por uma batida de cabeça, mas pode vim dos pais, já que é uma doença genética. Se este for o caso, também não é possível curá-lo, apenas evitar que ele tenha uma morte precoce. Muitos veterinários receitam anticonvulsivo, mas estes causam lesões no fígado. É uma situação complicada, por isso precisa de bastante cautela para qualquer decisão tomada.

Expectativa de vida varia entre 12 anos a 14 anos.

Preço

O preço médio pode variar de R$ 4.500 a R$ 6.000.

Terrier-Norwich05

Leia Também:

Ler anterior

Cachorro Welsh Corgi Cardigan

Ler próxima

Cachorro Scottish Terrier (Terrier Escocês)

Deixe um comentário

5 × 1 =

Nenhum comentário encontrado.

Posts Relacionados

Assine nossa Newsletter

Assine e receba novidades, dicas e não perca nenhuma de nossas notícias, você pode cancelar a qualquer momento!