Blog Encontros Pet, onde você encontra tudo para seu animal de estimação.

Cão de Crista Chinês

Cão de Crista Chinês

Sem saber ao certo seu local exato de origem, o Cão de Crista Chinês teve sua originalidade atribuída como sendo Chinesa. A uma hipótese que esse cachorro tenha aparecido em outras áreas do mundo ao mesmo tempo, entre o cruzamento de outras raças, mesmo sem ligação entre um lugar e outro.

 

Cao-de-Crista-Chines

Origem

Na época, eram desenvolvidos como guardiões das casas de tesouro, eram maiores, e mais pesados, parecidos com cachorros de caça. Já menores, foram vistos fora da China em exposições nos Estados Unidos entre o fim do século XIX, e o início do século XX. Tendo desaparecido por quase cinquenta anos, foram “redescobertos” em meados de 1970. Mas, o reconhecimento só veio pelo AKC em 1991, e após isso passou a ganhar muitos admiradores.

Características

Esta é uma raça de pequeno porte, sua pele é bem suave, sua cabeça triangular e seus olhos são amendoados. Suas orelhas são grandes e erguidas. Geralmente não possuem pelo, mas nesta raça existe outra variedade que possui uma fina e longa camada de pelos chamados em inglês de Powderpuff (Pompom), os peludos podem ter pelagens de comprimento variado, de textura em geral macia, sedosa e quase lisa, com subpelo curto e sedoso, e ainda pelos finos e longos acima do subpelo, perceptíveis ao fazer-se um exame mais atento.

Às vezes, a pelagem pode ser excessivamente densa, torcida ou crespa, o que é penalizado pelo padrão oficial. Já o pelado, nas partes peludas, apresenta variação na quantidade de pelos, tanto em abundância como na extensão. Na parte pelada a pele é macia, lisa e ao mesmo tempo mais grossa e endurecida do que a dos peludos. Frequentemente o pelado muda de cores e marcações quando cresce e sua pele escurece em contato com a luz solar, e clareia sem ela. Curiosamente o pelado tem glândulas sudoríparas, ao contrário dos peludos e dos cachorros em geral. Por isso, ele tem mais tendência à “suar” do que ofegar para aliviar o calor corporal. Todas as cores ou misturas de cores são permitidas.

A altura ideal de um cachorro da raça é de 28 cm a 33 cm para os machos, e de 23 cm a 30 cm para as fêmeas, medidos sempre na altura da cernelha. O peso pode variar, mas não deve exceder os 5 kg e meio.

Peso:Macho e Fêmea de 2 kg a 5 kg
AlturaMacho de 28 cm a 33 cm e Fêmea de 23 cm a 30 cm
Grupo:Grupo 9 – cães de companhia e toys
Funções:Cachorro de companhia
Grau de Atividade:Médio
Pelo:Não deve haver grandes áreas com pelos em nenhuma parte do corpo. Nos “Powder Puffs” a pelagem consiste em um subpelo com um véu macio e longos pelos
Cor:Todas as cores ou misturas de cores são permitidas
Nome de Origem:Cão de Crista Chinês
Pais de Origem:

China

Registro FCI:288

 

 Temperamento

Ativo, ágil, saudável, rústico, extrovertido, esperto, alerta, fiel, e um excelente companheiro. Não suporta a vida fora do convívio familiar. Adora um bom colo, sendo muito apegado ao dono. Não suporta bem a vida fora do convívio familiar. Pode aprontar quando deixado só por muito tempo. Dá um bom alarme quando alguém aproxima. Convive bem com crianças e outros animais.

Apesar da aparência não é frágil, e por sua determinação, é importante que o proprietário imponha-se com clareza a ele desde cedo. Gosta de ser tratado com respeito e educação, e apesar de serem amáveis e abertos, algumas vezes podem mostrar-se um pouco independentes.

Na escala de obediência elaborada por Stanley Coren, e publicada em seu livro ‘A Inteligência dos Cães’, ele aparece em 61ª posição entre as raças pesquisadas.

Cao-de-Crista-Chines01

Curiosidades

Ele faz parte de uma família de cachorros sem pelo, como o Pelado Mexicano. Esta característica incomum faz com que estes cachorros sejam uma verdadeira curiosidade no mundo canino. A presença de exemplares sem pelo foi designada em diversos lugares do mundo, como América Central, America do Sul, África e Ásia. Especialmente no continente asiático, são encontrados cachorros sem pelo na Turquia, Filipinas, Indochina, Mandchuria e Tibete.

Enfim, não há consenso de nenhuma espécie quanto ao surgimento destes cachorros ‘pelados’, mas sua antiguidade é comprovada por achados arqueológicos – cerâmicas datadas de 900 a 500 a.C – que foram descobertos no México, representando a caricatura de cachorros com a cabeça redonda, muito obesos, e completamente sem pelos.

Os estudiosos do século XIX procuraram atribuir ao clima uma mutação genética que explicasse a ausência de pelos, mas não conseguiram. Outras linhas de estudo procuram explicar a seleção de cachorros pelados como exóticos, e que por isso mesmo seriam muito bem vindos na corte da elite na China, e América pré-colombiana. E uma terceira via de pesquisa atribuiu à seleção de cachorros ‘pelados’ à sua praticidade em civilizações que mantinham (e mantém) o hábito de comer carne de cachorro. Nestes casos, o cachorro pelado seria equivalente a um leitão.

Apesar do nome, a raça admite a presença de cachorros pelados de topete como também os totalmente peludos. Alguns exemplares têm apenas pelos na cabeça, nos pés, na extremidade da cauda e, eventualmente, um pouco no dorso, enquanto que os outros são totalmente cobertos, e têm aparência diferente entre si. É considerada uma das raças mais “feias” do mundo.

Cao-de-Crista-Chines02

Dicas

Este cachorro é saudável, rústico e procria facilmente. Mas convém ficar atento, pois nos primeiros dias de vida os peludos competem mais para mamar. Como todos de porte pequeno têm um desenvolvimento precoce e, aos 6 meses, já atingiu seu tamanho definitivo. Por ser ativo e muito ágil, pode facilmente participar de competições como o agility.

Por não possuir uma pelagem, ele não gosta de frio. É um cachorro que adora correr, e por ser pequeno fica satisfeito com exercícios, e brincadeiras dentro de casa. Caso os dias estejam mais frios e úmidos, é preciso colocar uma roupinha neles na hora de passear. Não é aconselhável que ele viva ao ar livre, e nas variedades que possuem pelos é preciso que sejam escovados a cada dois dias. Seu focinho deve ser raspado, geralmente, a cada duas semanas. E os que não possuem pelos devem usar sempre protetor solar e hidratante, além de banhos mais frequentes. Quando estiver no verão é preciso ter cuidado, pois eles não podem ficar muito tempo expostos ao sol.

Saúde

Apesar de seu aspecto frágil, essa raça é forte e resistente, ainda que tenha tendência a sofrer problemas dermatológicos e na sua dentição (falta de molares e pré-molares). De resto, essa raça está exposta as mesmas doenças comuns das outras raças Toy (luxação da rótula, glaucoma, descolamento de retina, catarata, atrofia progressiva de retina, demartites, e problemas de pele). Expectativa de vida varia entre 8 anos a 10 anos.

Preço

O preço médio pode variar de R$ 3.500 a R$ 5.000.

Cao-de-Crista-Chines04

Leia Também:

Cachorro Fazendo Fezes Moles: O que Fazer? Ler anterior

Cachorro Fazendo Fezes Moles: O que Fazer?

Barriga do Cachorro fazendo Barulho, o que fazer? Ler próxima

Barriga do Cachorro fazendo Barulho, o que fazer?

Adicionar um comentário

Assine nossa Newsletter

Assine e receba novidades, dicas e não perca nenhuma de nossas notícias, você pode cancelar a qualquer momento!