Blog Encontros Pet, onde você encontra tudo para seu animal de estimação.

CUIDADO: Costuma “beijar” cão ou gato? Veja o que pode acontecer

CUIDADO: Costuma “beijar” cão ou gato? Veja o que pode acontecer

Todos nos adoramos fazer carinho e beijar os nossos animais, pois é muito difícil resistir a tanta fofura, principalmente quando eles deitam no nosso colo. Mas na Inglaterra, uma senhora de 70 anos teve de ser internada após ser lambida na boca pelo seu cachorro de estimação.

A idosa foi encontrada por paramédicos sem sentidos dentro de casa e rapidamente foi encaminhada para o hospital da Universidade College London. Como ela tinha histórico de epilepsia, os médicos acharam que ela tinha convulsionado. Logo ao chegar no hospital ficou constatado que ela estava com hiponatremia (baixa concentração de sódio no sangue) e hipercaliemia (alta concentração de potássio no sangue).

Lambida-Animal

Após quatro dias no hospital, sua saúde piorou e a paciente começou a apresentar confusão mental, dor de cabeça, diarreia, calafrio, febre de 39ºC e também foi constatado lesão renal aguda e infecção generalizada. Após alguns dias finalmente exames identificaram o problema, a idosa contraiu uma grave infecção causada pela bactéria Capnocytophaga Canimours, presente na boca de cães e gatos

Segundo o doutor James Wilson, não encontraram nenhum arranhão ou mordida, mas segundo a paciente ela recebeu uma lambida do seu cão. “Meios ocultos de aquisição demonstram que graves zoonoses podem ocorrer mesmo com ausência de mordidas e arranhões óbvios e devem ser consideradas em casos de infecção severa em donos de animais de estimação” completou.

É importante frisar que esse é um caso raro, é mais fácil contrair herpes beijando a boca de outra pessoa, do que contrair essa bactéria por uma lambida ou beijo do seu animal. Porém, idosos apresentam maiores riscos de problemas decorrentes dessa infecção, provavelmente por disfunções no sistema imunológico.

Após ficar quase um mês no hospital, a idosa foi liberada e voltou para casa. Os médicos ressaltaram que essa infecção foi uma reação “incomum” mas que é bom evitar beijos e lambidas dos seus animais.

LEIA TAMBÉM:

Ler anterior

EMOCIONANTE: Cachorro dá a vida para salvar bebê em incêndio nos Estados Unidos

Ler próxima

Família encontra seus dois cães que haviam fugido, mas só levam o mais novo para casa

Deixe um comentário

catorze − 8 =

Nenhum comentário encontrado.

Posts Relacionados

Assine nossa Newsletter

Assine e receba novidades, dicas e não perca nenhuma de nossas notícias, você pode cancelar a qualquer momento!